InícioBiblioteca FocaManual de jornalismo investigativo é lançado em português

Manual de jornalismo investigativo é lançado em português

- Advertisement -spot_img

A Unesco (Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura) lançou nesta semana a versão em português e em espanhol do livro “Story-Based Inquiry” (“A Investigação a partir de histórias: um manual para jornalistas investigativos”).

A obra, que foi publicada pela primeira vez em 2009 e já existe em sete línguas, centra-se na abordagem baseada na investigação por hipótese.

Segundo a UNESCO, “todas as etapas do processo investigativo, desde a concepção, passando pela pesquisa, controle de qualidade, escrita e divulgação são exaustivamente analisadas e bem ilustradas por estudos de caso reais em cada capítulo do livro”.

Em vídeo explicativo, o autor da publicação, Mark Lee Hunter, manifestou sua alegria pela notícia e explicou que “este manual é uma ferramenta básica para começar e terminar um trabalho investigativo e ele oferece conteúdo para o aprendizado de técnicas básicas”.

Mark Lee Hunter
Mark Lee Hunter

Hunter adverte que apesar dos comentários pessimistas que circulam com frequência que o jornalismo investigativo é custoso, lento e muito difícil, será “muito menos custoso, lento e difícil se você sabe o que está fazendo. E este manual lhe ajudará a compreender o que está fazendo. Foi utilizado por centenas de pessoas e nós nos valemos dele para ensinar milhares de pessoas. E, certamente, pode ajudar-lhe a aprender práticas que podem ser muito importantes para o seu futuro”.

O jornalista afirmou saber que com muita há muito interesse pelo jornalismo investigativo entre os jovens jornalistas, e que os vê em todas as partes do mundo. “Você tem razão! O jornalismo investigativo pode mudar sua carreira e pode torná-la muito mais interessante, o que lhe fará muito mais valioso para os meios de comunicação e para o seu público. E também pode ajudar a mídia a ser mais independente, próspera e sustentável”, concluiu.

A publicação em português, que possui 89 páginas, pode ser baixada clicando aqui.

Por Emílio Portugal Coutinho

Leia também:

– O Jornalismo Investigativo

– Como fazer parte da Abraji?

– “Jornalismo investigativo parte do pressuposto que há algo de errado”

- Advertisement -spot_img
Emílio Coutinho
O jornalista e professor Emílio Coutinho criou a Casa dos Focas com o objetivo de ser um espaço para debate, aprofundamento e divulgação de novidades dentro da área do jornalismo. Os textos aqui publicados são de responsabilidade dos seus respectivos autores.
- Advertisement -spot_img
Siga-nos
17,706FãsCurtir
4,420SeguidoresSeguir
2,532SeguidoresSeguir
Mais vistas
- Advertisement -spot_img
Novidades
- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui