InícioCursos de jornalismoAbertas as inscrições para o I Curso de Informação sobre Jornalismo e...

Abertas as inscrições para o I Curso de Informação sobre Jornalismo e Direitos Humanos

unnamed

Foram abertas nesta semana as inscrições para o I Curso de Informação sobre Jornalismo e Direitos Humanos, que será realizado ao longo dos quatro sábados do mês de outubro. Voltado para estudantes universitários de jornalismo e outras áreas do conhecimento de todo o Brasil, o curso é um dos módulos do Projeto Repórter do Futuro.

Para participar é necessário se inscrever através do preenchimento de uma ficha cadastral que pode ser acessada clicando aqui. São 20 vagas para estudantes. Não haverá vagas para observadores. É necessário possuir notebook.

No dia 20 de setembro, às 14h, será realizado um Encontro de Confraternização e Seleção no Espaço Vladimir Herzog do Sindicato dos Jornalistas (Rego Freitas, 530, sobreloja).

Nesta ocasião os candidatos assistirão uma palestra ministrada pela diretora Executiva da Conectas, Lucia Nader, e realizarão um teste escrito. O resultado da seleção será divulgado no dia 26 de setembro.

Ao longo desta primeira edição do Curso de Informação sobre Jornalismo e Direitos Humanos, os estudantes participarão de palestras e entrevistas coletivas temáticas sobre direito penal e sistema carcerário, política externa brasileira e direitos humanos, empresas e direitos humanos e sistema internacional de direitos humanos.

Os palestrantes integram a equipe de especialistas da Conectas: Rafael Custódio, coordenador do programa de Justiça; Marcos Fuchs, diretor adjunto da organização e diretor executivo do Instituto Pro Bono; Camila Asano, coordenadora do programa de Política Externa e Direitos Humanos; Juana Kweitel, diretora de Programas; eLucia Nader, diretora executiva.

O I Curso de Informação sobre Jornalismo e Direitos Humanos é promovido pela Conectas em parceria com a Oboré Projetos Especiais, IPFD (Instituto de Pesquisa, Formação e Difusão em Políticas Públicas Sociais) e Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo).

A metodologia utilizada ao longo dos encontros semanais cumprirá a seguinte rotina: serão 30 minutos de reunião de pauta entre os alunos e o coordenador pedagógico do curso; uma hora de palestra com os especialistas, sem interrupções; 40 minutos de entrevista coletiva; e, por fim, 30 minutos para um balanço sobre a dinâmica do dia, novamente entre o coordenador e os estudantes. Depois, entre as 13h e 14h30, os estudantes devem redigir um texto noticioso sobre o tema da palestra.

O curso oferecerá também atendimentos semanais individuais com jornalistas e professores com o objetivo de prestar orientação textual e jornalística personalizada. Além disso durante essas monitorias, será possível avaliar as qualidades a serem potencializadas e defeitos a serem trabalhados por cada aluno.

Com o objetivo de medir o empenho real de cada participante, o projeto trabalha com o critério da “reembolsa”: os alunos pagam o valor de um salário mínimo no momento da matrícula, mas recebem o dinheiro de volta ao final do curso se: 1) participarem de todas os encontros; 2) participarem de ao menos um atendimento individual; 3) produzirem todas as matérias semanais na sequência de cada encontro; 4) conseguirem publicar ao menos uma delas em qualquer veículo de comunicação que possua um editor responsável.

Programação do I Curso de Informação sobre Jornalismo e Direitos Humanos

20 de setembro | 14h
Espaço Vladimir Herzog do Sindicato dos Jornalistas
Encontro de confraternização e seleção
Lucia Nader, diretora Executiva

Demais encontros realizados na sede da Conectas Direitos Humanos:

4 de outubro | 9h
Direito penal e sistema carcerário, com os advogados
Marcos Fuchs, diretor ajunto da Conectas e diretor Executivo do Instituto Pro Bono
Rafael Custódio, coordenador do programa de Justiça

11 de outubro | 9h
Política externa brasileira e direitos humanos
Camila Asano, coordenadora do Programa de Política Externa e Direitos Humanos

18 de outubro | 9h
Empresas e direitos humanos
Juana Kweitel, diretora de Programas

25 de outubro | 9h
Sistema internacional de direitos humanos
Lucia Nader, diretora Executiva

8 de novembro |9h
Encontro de encerramento, avaliação e entrega de diplomas

- Advertisement -
Emílio Coutinho
O jornalista e professor Emílio Coutinho criou a Casa dos Focas com o objetivo de ser um espaço para debate e divulgação de novidades no jornalismo.
- Advertisement -
Siga-nos
17,516FãsCurtir
8,137SeguidoresSeguir
2,588SeguidoresSeguir
Leia também
- Advertisement -
Novidades
- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui