InícioMestres ensinamJornalista: uma pessoa que sabe de tudo, mas não entende de nada

Jornalista: uma pessoa que sabe de tudo, mas não entende de nada

- Advertisement -spot_img
(Foto: Pixabay)

No meu conceito, jornalista é uma pessoa que sabe de tudo, mas não entende de nada. Pense bem (de novo e sempre: pense): saber de uma coisa é uma coisa; entender dessa coisa é outra coisa, muito mais profunda. O jornalista é um “generalista”, que pretende e precisa saber de tudo. Eu disse saber de tudo, que não é, necessariamente, entender de tudo. É possível que, com a prática, com a vivência, com determinação, muito estudo, muita leitura, ele poderá se aprofundar em algum segmento do conhecimento humano e até se transformar em um especialista nessa determinada questão. Poderá ser, por exemplo, um jornalista especializado em Economia. Ou em Política, Polícia, Esportes.

Não atropelemos as coisas. Por enquanto, sejamos generalistas. Mais que isso, sejamos sábios. Sábio, já dizia o grande sábio, é o sujeito que sabe que não sabe. Pela lógica, quem não sabe é curioso e pergunta. De preferência, para quem entende muito do assunto. Pela lógica também, quem pergunta obtém respostas de quem entende do assunto. E são essas respostas dadas por quem entende, conhece profundamente, que, bem trabalhadas, vão se transformar na tão esperada história. Que pode ser uma grande reportagem. O jornalista então é o sábio que sabe que não sabe.

A nossa sabedoria já mostrou que não sabemos de nada sobre a curiosidade humana. Já que não sabemos, sejamos mais curiosos que o maior dos curiosos e perguntemos para quem sabe e entende do assunto. Quem é que pode entender e explicar tudo sobre a curiosidade? Talvez um psicólogo? Talvez um psiquiatra? Um padre, por que não? Enlouqueça essa ideia: pense em quem, além dos profissionais citados, poderia nos ajudar e fornecer informações técnicas e precisas sobre a curiosidade humana.

Enquanto você pensa em mais profissionais, sigamos os caminhos que já temos. Vamos ouvir um psicólogo, um psiquiatra, um religioso. E no meio de tudo isso, para dispormos de momentos de graça e leveza no texto, vamos atrás de pessoas muito curiosas que nos contem episódios pitorescos, passagens marcantes de sua vida provocadas pela sua curiosidade.

As coisas estão melhorando: já temos caminhos para o lado sério e explicativo da reportagem e temos também veredas para mostrar o lado humano do texto.

A próxima etapa é encontrarmos um psicólogo, um psiquiatra, um religioso e outros tantos especialistas em que você está pensando e procurando e que conheçam bem o assunto. É preciso que eles estejam disponíveis para nos oferecer as informações de que precisamos. E precisamos encontrar também os curiosos que nos fornecerão as historinhas que comporão o “recheio” do nosso bolo.

Por Edgard de Oliveira Barros

Perfil de Edgard de Oliveira Barros

Edgar de Oliveira Barros

O professor Edgard de Oliveira Barros está há 40 anos no jornalismo, tendo iniciado sua carreira na redação dos Diários e Emissoras Associadas, a maior cadeia de jornais, emissoras de rádio e de televisão que o Brasil já teve.

É bacharel em Direito pela Universidade Mackenzie, foi repórter de jornais Associados, tendo trabalhado também nas extintas rádio Difusora e TV Tupi. No meio do caminho teve a Propaganda e Edgard trabalhou na MPM Propaganda, para depois fundar a sua própria empresa de publicidade, através da qual ganhou vários prêmios.

Durante 10 anos foi diretor de redação do extinto Diário Popular. Deixando o Diário Popular começou a dar aulas na FACOM/UniFIAM no ano de 1986.

Criou o jornal Imprensa Livre na cidade de Atibaia, com circulação regional. Semanário, o jornal passou a diário tendo inclusive implantado seu próprio parque gráfico com modernas rotativas. Trabalhava no mínimo 18 horas por dia e todos os dias. Cansou.

E faltou dinheiro. Parou o jornal e voltou a dar aulas, sua paixão, na FIAM. Publicou três livros de crônicas e um livro-manual de Jornalismo dedicado aos alunos da escola: Quem? Quando? Como? Onde? O quê? Por quê?.

Acompanhe os textos do Professor Edgar publicados na página Mixtura Fina.

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img
Siga-nos
17,706FãsCurtir
4,420SeguidoresSeguir
2,532SeguidoresSeguir
Mais vistas
- Advertisement -spot_img
Novidades
- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui