Papa agradece a jornalistas por ajudarem a revelar abusos na Igreja

"Agradeço vocês pelo que nos dizem sobre o que está errado na Igreja, por nos ajudar a não esconder isso embaixo do tapete", afirmou o Pontífice.

0
86
Foto: Vatican Media

No último sábado, 13, o Papa Francisco agradeceu aos jornalistas por ajudarem a revelar os escândalos de abusos sexuais por parte do clero, que inicialmente a própria Igreja Católica tentou encobrir.

É fundamental que os repórteres saiam das redações

O Santo Padre assegurou que a missão do jornalismo é tornar o mundo menos obscuro, fazer com que as pessoas tenham menos medo e possam olhar para os outros com maior consciência, e também com mais confiança.

Para isso é fundamental que os repórteres saiam das redações e descubram o que está acontecendo no mundo exterior para conter a desinformação muitas vezes encontrada online.

“Agradeço vocês pelo que nos dizem sobre o que está errado na Igreja, por nos ajudar a não esconder isso embaixo do tapete, e pela voz que vocês deram às vítimas de abuso”, afirmou Francisco durante uma cerimônia de homenagem a dois profissionais que trabalham há anos cobrindo o Vaticano.

Trabalho dos jornalistas é narrado no filme ‘Spotlight’

Em 2002, o jornal norte-americano The Boston Globe publicou uma série de artigos expondo um comportamento padrão, por parte da Igreja Católica, visando ocultar os inúmeros casos de abuso de menores por parte do clero. A história inspirou o filme Spotlight.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui