Por que o jornalismo é a melhor profissão-disfarce para um super-herói?

0
86

Na última quarta-feira, em uma aula de Teorias da Comunicação, meu professor fez a seguinte pergunta: “por qual motivo vocês acreditam que a identidade secreta do Superman é um jornalista?”. Surgiram vários palpites e no post de hoje eu reuni cinco motivos pelos quais o jornalismo é a melhor opção para a identidade secreta de um super herói.

Recordando a história do Superman

O Superman, é um herói criado na década de 1930 por Jerry Siegel e Joe Shuster, dois jovens que amavam os quadrinhos. Publicado pouco após a crise econômica de 1929, ele se tornou um dos principais símbolos de identificação cultural dos Estados Unidos e, como todo herói, possui uma dupla identidade.

Em Krypton, nasce Kal-El, filho de Jor-El e Lara. Esse planeta distante passava por um período nebuloso e Jor-El descobre que seu mundo irá acabar, mas ao tentar alertar o Conselho Local, é desacreditado.

Os dois então decidem enviar seu filho recém nascido, através de uma nave, a um planeta em que julgam que ele ficará em segurança e o enviam para a Terra. Kal-El é encontrado por dois humildes fazendeiros Jonathan e Martha Kent, que o batizam de Clark.

Com o passar do tempo, o pequeno descobre que não é como os demais e que possui habilidades sobre-humanas como super força, super velocidade, invulnerabilidade, visão de raio-x, visão de calor, super sopro, super audição e a capacidade de voar.

Quando não está em seu famoso e inconfundível uniforme azul e vermelho, o jovem atua como o repórter Clark Kent, do jornal ‘Planeta Diário’. Então, vamos aos motivos pelos quais esta é a melhor profissão-disfarce para um super-herói!

1. Saber primeiro dos acontecimentos

No jornalismo há algo muito prestigiado que chamamos de “furo”. Este, é o ato de noticiar acontecimentos antes que os outros. Logo, o repórter é aquele que tem acesso à informação em primeira mão. No caso de um super-herói-repórter, ele resolveria o problema mais rápido, ao ser o primeiro a saber.

2. Além de noticiar os crimes, resolver

As pautas jornalísticas surgem de diversas formas e uma delas é a observação do cotidiano. Imagine que o super-herói-repórter está dentro de um banco que está sendo assaltado, além de resolver a situação e prender os bandidos, ele ainda será uma testemunha ocular e poderá detalhar melhor os acontecimentos quando for noticiar.

3. Servir ao interesse público

Uma das funções sagradas do jornalista é servir ao interesse público. Ou seja, mais do que estar atento aos acontecimentos que a população QUER saber, o repórter noticia o que o povo PRECISA estar ciente. Então, as habilidades de um superman seriam de grande utilidade nessa empreitada.

4. Combate às Fake News

Tanto os jornalistas, quanto os super-heróis tem como missão zelar pela verdade e pela ordem. Um fenômeno preocupante que vem se agravando com o advento das mídias sociais são as notícias falsas, que viralizam na rede. Um boato falso, divulgado em grandes proporções pode causar catástrofes, tomemos por exemplo o caso da Escola Base (se você não conhece o ocorrido, clique aqui). Um super-herói-repórter executaria muito mais rápido a tarefa de identificação dessas Fake News e assim, contribuiria para que vários desastres pudessem ser evitados.

5. A falta de rotina da profissão facilitaria os álibis

O jornalismo é uma profissão que não tem uma rotina muito estabelecida. Cada matéria pode precisar de procedimentos diferentes para a comprovação de informações, ouvir as fontes, ir à delegacias e outros órgãos. Um super-herói, para executar sua função sem que ninguém descubra sua verdadeira identidade, se ausenta em alguns períodos. Logo, se ele for um jornalista poderá dizer “fui ali entrevistar fulana”!

Por Amanda Stabile

Perfil da Autora

Amanda Stabile é estudante do quarto semestre de Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie, atua como repórter colaborativa no site Ponte Jornalismo é autora do blog Parágrafo C. O site foi criado em setembro de 2017, com a intenção de abordar matérias culturais e comunitárias, além de resenhas e artigos diversos. Siga-nos nas redes sociais @paragrafoc, também aceitamos colaborações e sugestões: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui