Renata Fan e o esporte: a paixão que deu lugar a profissão

0
94

Poucos sabem, mas a jornalista esportiva Renata Fan, apresentadora do programa ‘Jogo Aberto’, da Band também é advogada. Antes de optar pela Comunicação Social, Renata que nasceu em Santo Ângelo, região das Missões, no Rio Grande do Sul, cursou Direito no Instituto de Ensino Superior Santo Ângelo (IESA). No entanto, abandonou a carreira no direito para integrar o time de jornalistas.

Crédito: Bruna Fillol

Em 1995, enquanto estudava Direito à noite, trabalhava na Rádio Transamérica de Santo Ângelo como locutora. Foi aí, o primeiro indício de que Renata levava jeito como jornalista. No ano de 2005, concluiu o Curso de Jornalismo e Comunicação Social no FIAM FAAM – Faculdades Integradas Alcântara Machado.

O currículo da gaúcha é extenso. Renata passou por rádios e TVs, como Rádio Transamerica Santo Ângelo, Record no programa ‘Terceiro Tempo’. Ainda na mesma emissora, também atuou no programa Debata Bola. Na Band, participou do programa ‘Futebol Compacto’ e hoje, ainda na rede Bandeirantes é a apresentadora do ‘Jogo Aberto’.

De acordo com Renata, a experiência na rádio possibilitou que houvesse uma familiarização diante da Comunicação Social, além é claro da desinibição, já que hoje a TV é uma plataforma na qual atua há muito tempo, que identifica-se e que sente-se mais confortável. Com sua atuação na TV e por trabalhar com pessoas que gosta muito, além de muito competentes, isso permite que você trabalhe com mais afinco, mais objetivo e mais foco.

Uma paixão chamada esporte

A paixão por esportes, não é recente e começou dentro de casa, sem nenhuma pretensão futura. Renata é apaixonada por esportes desde os 6 anos de idade e uma torcedora fanática do Internacional, assim como seu pai e seu irmão.

O preconceito no meio esportivo

Em relação ao preconceito por ser mulher no jornalismo, Renata recorda que muitos duvidavam da sua capacidade para poder falar, debater sobre um assunto que originalmente é predominado por algumas pessoas que estão dentro do meio há muito tempo. Hoje, com uma ampla vivência na televisão, conseguiu transformar essa desconfiança em algo positivo.

Conselho de uma jornalista esportiva

Para aqueles que desejam ingressar no jornalismo esportivo, Renata aconselha que acima de tudo, deve-se amar o esporte, porque isso vai dominar e predominar sua vida, acima de qualquer outro assunto. O esporte deve ser algo que permita que você renove-se a cada dia, que não te canse. Para ela, se você tiver esse sentimento, terá uma carreira longa, promissora e de muito sucesso.

Por Bruna Fillol

Perfil da Autora

Bruna Fillol, 24, é jornalista, formada em dezembro de 2017 pela Universidade São Judas Tadeu. Experiência em Assessoria de Imprensa, rádio, web, reportagens, entrevistas, redação de textos jornalísticos, cobertura e acompanhamento de eventos. MTB: 0084410/SP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui