InícioListasSeis plataformas para criar seu portfólio jornalístico

Seis plataformas para criar seu portfólio jornalístico

Existem inúmeras plataformas online para criação de portfólios. Separamos algumas, a maioria com versões gratuitas, para que você possa, ainda hoje, criar o seu portfólio jornalístico.

Foto: Pixabay.

O portfólio é, junto do currículo, uma ferramenta fundamental na hora de se candidatar para uma vaga em jornalismo. Estudantes de jornalismo ou jornalistas formados necessitam possuir um portfólio com seus trabalhos realizados anteriormente.

Não há dúvidas de que os candidatos que tenham um bom portfólio estão à frente dos demais. Isso ocorre pelo simples fato de que, se no currículo você diz o que você está apto a fazer e no portfólio você mostra o resultado do que já fez.



Em algumas vagas, inclusive, os recrutadores chegam a pedir que o candidato apresente seu portfólio para que seja avaliado. Por conta disso, é importante que você tenha e mantenha o seu portfólio sempre atualizado.

Existem inúmeras plataformas online para criação de portfólios. Separamos algumas, a maioria com versões gratuitas, para que você possa, ainda hoje, criar o seu portfólio jornalístico e se apresentar ao mercado de trabalho os seus trabalhos na área.



1 – Adobe Portfolio

Foto: Reprodução.

O Adobe Portfolio é uma plataforma gratuita para criação de portfólio online. Para utilizá-la, é necessário possuir uma conta ativa na Adobe. Além do domínio personalizável, o usuário poderá proteger seu portfólio com senha, utilizar milhares de fontes, subir fotos e integrar seu portfólio como Behance. Todo o conteúdo é automaticamente redimensionado para qualquer tipo de tela ou dispositivo.



2 – Carbonmade

Foto: Reprodução.

O Carbonmade é muito conhecido por ser uma plataforma intuitiva e rápida. O usuário escolhe um template pronto, que é facilmente editável e preenche o portfólio com suas informações de contato, experiências, formação, área de atuação e o que considerar relevante. É possível visualizar o perfil de outros profissionais, para se inspirar.

Uma vantagem dessa plataforma é que ela é otimizada para buscas, o que eleva as possibilidades de que seu portfólio online seja melhor posicionado no Google. Já as desvantagens da versão gratuita são as seguintes: ela permite apenas o upload de imagens e textos (áudios e vídeos somente na versão paga); possui limite de uploads de imagens e categorias; e oferece poucas opções de layout.



3 – Clippings.me

Foto: Reprodução.

O Clippings.me é uma plataforma gratuita, com mais de 100 mil usuários, criada para hospedar trabalhos de jornalistas freelancers e redatores. Uma das principais funcionalidades é a criação de uma galeria de clippings com links que direcionam os visitantes para publicações originais dos seus projetos. O site oferece ainda a possibilidade de publicação de textos, incorpora arquivos de vídeo do YouTube, do Vimeo e de áudios do SoundCloud, além de enviar PDFs dos seus trabalhos.



4 – Contently

Foto: Reprodução.

Utilizando uma interface de portfólio simples e de página única que permite exibir claramente seu trabalho, tópicos de especialização e habilidades, o Contently é uma plataforma totalmente gratuita que permite que você inclua links dos seus textos ou PDFs de matérias publicadas em versão impressa.

O Contently analisa os portfólios de freelancers e impulsiona candidatos relevantes, por este motivo é importante que o seu portfólio represente exatamente o que você deseja mostrar para futuras marcas e que ele esteja sempre atualizado.



5 – Journo Portfolio

Foto: Reprodução.

O Journo Portfolio é uma plataforma muito simples de se utilizar. Dentre as várias funcionalidades oferecidas por ela estão o de adicionar arquivos em PDF ou links diretos para seus trabalhos, tendo a possibilidade de transformar em PDF o conteúdo dos seus links diretos para que você não os perca caso o site original saia do ar.

Além disso, é possível escolher temas diferentes de layout e design; personalizar o domínio; inserir artigos por URL; Ter um formulário de contato; Inserir links de redes sociais; Criar um blog dentro da própria plataforma; um botão de inscrição para que visitantes recebam semanalmente em seu e-mail os seus artigos recém-adicionados; entre outras.



A plataforma oferece três planos: o gratuito, no qual é possível subir até 10 artigos, ter uma página inicial e o domínio com o seu nome; a versão Plus, na qual por 10 reais mensais, onde o usuário além do domínio personalizado, pode subir um número ilimitado de artigos e também têm um número ilimitado de páginas; e a versão PRO, na qual o usuário, ao pagar a mensalidade de 20 reais, possui todas as funções dos planos anteriores e também pode realizar o backups de artigos, proteger o portfólio com senha, importar automaticamente artigos, entre outras integrações avançadas.

Estudantes ganham 50% de desconto durante o primeiro ano de qualquer plano pago. Para isto é necessário enviar um e-mail para [email protected] de seu e-mail acadêmico (para provar que você é estudante) e aguardar um código de cupom que será enviado.



6 – Pressfolios

Foto: Reprodução.

O Pressfolios é uma plataforma que permite que jornalistas, escritores, repórteres, blogueiros, relações públicas e outros profissionais de mídia possam, de maneira fácil e simples, reunir as suas melhores reportagens, organizá-las, armazená-las em segurança, criando um belo portfólio online no qual seja divulgada sua marca pessoal.

Os serviços oferecidos pelo Pressfolios são pagos, porém os usuários têm a opção de experimentá-los gratuitamente por 14 dias. Após esse período, é necessário optar por um dos dois planos: o leve por 9,99 dólares mensais, no qual é possível adicionar até 250 reportagens, backups de texto completo para cada história e carregar PDFs de clipes offline; e o Pró, no qual o usuário pode adicionar reportagens ilimitadas, possui um backup de história expandido (texto e captura de tela), pode carregar PDFs de clipes offline, usar um nome de domínio personalizado, escolher quem pode ver seu Pressfolio e ver quantas pessoas estão visualizando seu Pressfolio.

- Advertisement -
Emílio Coutinho
O jornalista e professor Emílio Coutinho criou a Casa dos Focas com o objetivo de ser um espaço para debate e divulgação de novidades no jornalismo.
- Advertisement -
Siga-nos
17,516FãsCurtir
8,137SeguidoresSeguir
2,588SeguidoresSeguir
Leia também
- Advertisement -
Novidades
- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui