InícioCine FocaA rotina de um apresentador de rádio contada através do filme “Talk...

A rotina de um apresentador de rádio contada através do filme “Talk Radio”

Talk Radio

“Talk Rádio” é um filme bastante barulhento, que incomoda os ouvidos, em vários sentidos. Primeiro porque é uma crítica à sociedade americana da década de 1980, tocando em pontos delicados e segundo porque a voz estridente e cheia de pompa do personagem principal não se cala durante o filme.

O longa-metragem é uma produção dos Estados Unidos, lançado em 1988 e foi baseado na peça de Eric Bogosian e Tad Savinar. Berry Champlain é o protagonista e apresentador do programa “Conversa da Noite” na rádio americana KGAB, na década de 80. O programa tinha uma alta audiência e abordava assuntos polêmicos. Champlain não tinha “papas na língua” na hora de conversar com os seus ouvintes. O nome do filme em português revela o aspecto crítico da sua proposta, “verdades que matam”. O papel de Barry era dizer a verdade sobre os temas que eram propostos nos telefonemas dos ouvintes, sem hipocrisia, dizendo o que realmente pensava. Sua personalidade e opinião forte foi um fator decisivo para que ele tomasse o lugar do antigo apresentador do programa. Antes de trabalhar na rádio, ele era vendedor. O rádio é o registro oral, que não tem como voltar atrás. Uma palavra falada errada ou fora de propósito pode causar um impacto tremendo.

talk-radio-movie-poster-1988-1020194408

Champlaim era rude com seus ouvintes, mal deixava que as pessoas contassem os seus problemas sem começar a interferir e fazendo seus comentários irônicos. Seu programa era quase um monólogo que sofria pequenas interferências e era cheio de palavrões e ânimos exaltados. Ouvintes com problemas sérios ligavam para o seu programa e ele ao invés de oferecer ajuda, feria ainda mais as pessoas com suas palavras ácidas. “Paus e pedras ferem, mas as palavras podem causar danos irreversíveis”. Paus e pedras ferem, fisicamente, e causam uma dor que pode ser cicatrizada. Já as palavras podem causar feridas mais profundas de uma maneira que não dá para apagar.

Não demorou muito para que Champlaim sofresse as consequências de sua personalidade forte e sem medidas, que alimentou o ódio e a raiva de seus ouvintes. Apesar de seu programa ter uma grande audiência, ele passou a ser odiado pelo seu público e foi alvo de ataques durante os programas.

Talk Radio retrata uma época crítica da sociedade americana, na qual o egocentrismo imperava (não muito diferente dos dias de hoje). As pessoas não se falavam mais e quase não existia um sentimento forte de coletividade. Podemos observar isso em Barry. Ele se importava mais com o sucesso na sua carreira do que com as pessoas que estavam ao seu redor. Ele estava preocupado em satisfazer seus próprios desejos e tratava as pessoas muito mal.

O filme faz duras críticas à sociedade americana, levantando assuntos polêmicos como a questão das drogas e o homossexualismo. O contexto é na época do segundo mandato do presidente Ronald Reagan com sua política econômica liberal e o combate às drogas.

Por Juliana Pires Curty

Perfil de Juliana Pires Curty

Juliana Pires Curty
Juliana Pires Curty é estudante de Comunicação Social/ Jornalismo na PUC-Rio. Atualmente no 6º período. Eterna bailarina, apaixonada por dança e pelas letras. Quando era criança tinha o Jornal JT com o primo. Hoje sonha em ser uma jornalista “de verdade”. Passou dois anos estudando relações internacionais. Faz estágio com assessoria de imprensa e tem o Blog da Ju, sobre jornalismo, cultura e entretenimento.

- Advertisement -
- Advertisement -
Siga-nos
17,516FãsCurtir
8,137SeguidoresSeguir
2,588SeguidoresSeguir
Leia também
- Advertisement -
Novidades
- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui