InícioTutoriaisComo publicar um texto na Casa dos Focas

Como publicar um texto na Casa dos Focas

casa dos focas

Nem todos sabem, mas a Casa dos Focas foi criada no ano de 2012 quando eu estava no início da faculdade. O que me motivou foi o fato de estar procurando um espaço para publicar meus textos e mostrar o meu trabalho. Na época bati na porta de várias empresas de comunicação oferecendo meus textos. Minha intenção era aprender na prática e já ter matérias publicadas. Infelizmente a grande maioria nem sequer me deu atenção, afinal eu era apenas um estudante de jornalismo.

Apesar da recusa, não desanimei e resolvi montar um portal no qual eu pudesse publicar meus textos voltados para outros estudantes de jornalismo e que esse portal um dia se tornasse uma referência na área. E assim foi criada a Casa dos Focas, um dos primeiros portais voltados exclusivamente para estudantes e recém-formados em jornalismo.

Depois do sucesso obtido, resolvi oferecer essa oportunidade para outros estudantes de jornalismo que também desejassem escrever sobre essa profissão apaixonante. Hoje em dia muitos me perguntam o que fazer para ter um texto de autoria própria publicado no Portal da Casa dos Focas. Pensando nessas pessoas resolvi escrever esse post.

1º – A sugestão de pauta deve ser enviada para o e-mail [email protected] O tema precisa estar dentro do universo do fazer jornalístico. Por exemplo ao tratar de jornalismo esportivo não interessa muito escrever sobre o resultado de uma partida, mas de como um repórter deve atuar ali, que tipo de pergunta deve ou não fazer, como ser um jornalista esportivo, e assim vai.

2º – O texto deve ser original, autoral (obviamente que não queremos plágio);

3º – Pode-se também apresentar resenhas de livros teóricos sobre jornalismo, biografias de jornalistas, ou ainda recomendar um livro que trate sobre a profissão.

4º – Matérias opinativas são muito bem-vindas também, mas dentro desse mesmo universo jornalístico mencionado acima. Algo na linha do Observatório da Imprensa. Obviamente que não aceitamos matérias que ofendam pessoas ou instituições. A crítica é livre, mas sempre dentro dos limites da educação.

5º – Não censuramos textos, mas os mesmos costumam ser lidos antes de serem publicados. Caso encontremos algum erro, ou corrigimos (quando é algo na linha da gramática, erro de digitação), ou reenviamos para que o autor reveja o trecho específico.

6º – O simples envio do texto não quer dizer que o mesmo será publicado. Mas independente de tudo sempre damos um retorno ao autor.

7º – Às vezes o texto demora para ser publicado por que ele entra em uma fila. Alguns tem precedência por se tratarem de matérias quentes e por isso furam essa fila. Para não ocorrer que o autor deixe de ver seu texto quando o mesmo seja publicado, normalmente enviamos o link ao mesmo assim que esteja no ar.

8º – Junto com o texto é necessário que se envie ao menos uma imagem em boa resolução e sem problemas com direitos autorais para que ilustremos a matéria e destaquemos a mesma.

9º – O autor do texto deve também enviar uma foto sua e um breve perfil de apresentação. Ambos acompanharão todos os textos que o autor publicar na Casa dos Focas.

10º – Qualquer dúvida sempre estaremos prontos para responder e ajudar. O intuito da Casa dos Focas é exatamente facilitar a vida dos estudantes de jornalismo que realmente queiram ter seus textos publicados. Às vezes demoramos um pouco para responder devido ao número de mensagens recebidas, mas sempre respondemos.

Espero que esse texto possa ajudar aos interessados em ter suas matérias publicadas por aqui. Aguardarei a sua sugestão de pauta. Até mais!

Emílio Portugal Coutinho

- Advertisement -
Emílio Coutinho
O jornalista e professor Emílio Coutinho criou a Casa dos Focas com o objetivo de ser um espaço para debate e divulgação de novidades no jornalismo.
- Advertisement -
Siga-nos
17,671FãsCurtir
4,589SeguidoresSeguir
2,537SeguidoresSeguir
Leia também
- Advertisement -
Novidades
- Advertisement -

10 COMENTÁRIOS

  1. Olá ´pessoal . Gostei do site de vocês bem legal. Eu faço jornalismo( apesar de ter trancado a faculdade) mas estou na batalha da comunicação há mais de 30 anos. Trabalho em emissora de rádio e web Tv. Fico feliz com a preocupação dos jovens jornalistas que estão saindo da universidade. Mesmo com a experiência de vários anos decidir aprimorar meus conhecimentos dentro de uma sala de aula. Sabemos que a teoria é bem distante da prática, mas não deixa de ser fundamental andarem juntas.Depois publicarei alguns dos meus trabalhos tanto em vídeo como em áudio pro site. Aquele abraço e sucesso.

    • Olá, Geraldo!
      Ficamos muito felizes em saber que gostou do nosso portal. Lhe desejamos todo sucesso do mundo e aguardaremos o envio dos seus trabalhos.
      Até mais!
      Emílio Coutinho

    • Olá, Renata!

      Que bom que tem gostado do Portal da Casa dos Focas! Fico muito contente! Iremos voltar com as publicações após esse período de férias. Caso queria sugerir algum conteúdo é só avisar por aqui ou através do e-mail: [email protected].

      Até mais!

      Emílio Coutinho

  2. […] A quarta dica é exercitar o seu lado jornalista. Pois existe a possibilidade de você já ter se formado há algum tempo, não ter arrumado nenhum emprego e estar com medo de perder a prática jornalística. Se esse é o seu caso, não se desespere. Durante o curso, uma professora minha sempre comentava que “bate uma tristeza quando buscamos um serviço depois de ter terminado a faculdade”. Então aqui vai mais uma dica: já pensou em colaborar com algum portal, mídia, veículo ou afins? É mais uma chance de continuar treinando e não ficar ocioso, além disso você pode ter material para seu portfólio. Criar um blog também vale! Veja aqui como escrever na Casa dos Focas. […]

    • Olá, Nathália! Tudo bem? Muito bom saber que você acompanha o nosso trabalho por aqui. Fica o convite para você participar deste projeto também. 😉

Deixe um comentário para Renata Pires Cancelar resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui