InícioFocas indicamComunicação Corporativa e Redes Sociais

Comunicação Corporativa e Redes Sociais

- Advertisement -spot_img

A comunicação corporativa sofreu diversas mudanças nos últimos anos. Boa parte dessas mudanças na forma das empresas se relacionarem com o público é proveniente dos avanços na tecnologia e o advento da internet. Hoje, as empresas usam as redes sociais para se comunicar com todos os seus stakeholders, ou seja, todos os agentes que fazem parte da área estratégica da empresa.

Na última década vimos evolução da internet que sofisticou as formas de comunicação, criando novos modelos de interação entre as pessoas. Hoje em dia, é possível ter acesso à informação de qualquer lugar. O mundo agora é digital, feito por pessoas que ficam conectadas na internet todo o tempo. As barreiras entre o online e o offline são cada vez mais tênues devido ao boom da comunicação. As mídias sociais fazem parte do novo contexto digital que estamos vivendo no século XXI.

As empresas aliaram esse fator à sua forma de relacionamento com os stakeholders e prospects, formando uma rede de relacionamentos muito mais ampla e abrangente. São milhões de pessoas conectadas, no Brasil e no mundo, esse é um fator importante e as empresas já estão adotando essa forma de comunicação, que exige uma estratégia e um planejamento de marketing digital. É preciso adequar o conteúdo para o meio digital e ter cuidado ao usar essa ferramenta para que ela não prejudique a imagem da empresa. As mídias sociais são novas formas de interação com um público em fronteiras, que através da internet, ficam conectadas e compartilham interesses e buscam informações de uma nova forma. Assim como os jornais estão buscando a plataforma digital, como forma de ampliar os horizontes para se adequarem ao mundo cada vez mais digital, que tem o papel com dias contados, as empresas estão usando também essa ferramenta a seu favor.

redes sociais

As redes sociais são um mecanismo que traz rapidez, descentralização e faz com que a relação da empresa com o consumidor seja mais transparente e clara, já que as informações vão se propagar de forma rápida. Elas são também um fator mobilizador, que têm buscado realizar grandes transformações na sociedade. Em sua palestra, “A empresa e seu legado social, econômico e ambiental”, Marco Antônio Lage ressaltou a importância de conversar com os stakeholders mostrando que as empresas devem ouvir os seus públicos internos e externos além de entrar na corrida dessa nova forma de relacionamento com o cliente. O público interno, na comunicação corporativa, é um fator decisivo para a reputação das empresas. Muitas discussões, comentários e questionamentos surgem no ambiente online e cruzam todos os cantos do mundo em um piscar de olhos.

Nesse sentido, a comunicação corporativa deve estar atenta ao seu público interno e na elaboração do conteúdo que vai ser divulgado. Os esforços devem estar concentrados na criação de uma imagem positiva da empresa e que as mídias sociais sejam uma porta de entrada para que os stakeholders conheçam melhor o trabalho da empresa e possa interagir, mandar sugestões, críticas e fazer uma ponte entre as pessoas e as empresas. Portanto, o uso das mídias sócias demanda cuidado e a comunicação corporativa deve buscar sempre a boa reputação da sua marca.

Na sua palestra, “Gestão de crise e planejamento de RP para construção de marcas”, Lala Aranha mostrou como é feito o gerenciamento de crises pelas empresas e ressaltou a importância do profissional de Relações Públicas na construção da imagem da empresa. Uma tarefa que exige esforços para um momento delicado no ambiente corporativo. Diversas empresas já usaram a plataforma digital para se retratarem com seus consumidores e fazer esclarecimentos sobre algum fator negativo que foi divulgado a seu respeito. As empresas usam a técnica do recall e a divulgação de comunicados oficias para reparar os danos à sua imagem, ou seja, a sua reputação. Essa técnica foi usada há algum tempo pela Coca-Cola, depois de uma denúncia sobre a presença de ratos no refrigerante. A empresa fez um comunicado oficial no seu site e postou um vídeo no canal Youtube mostrando de perto para os seus consumidores como é o processo de fabricação de seus produtos com um alto padrão de qualidade. O Youtube também é um grande aliado das empresas. Os vídeos são postados nos canais das empresas e servem também como uma forma de ampliar o relacionamento com os stakeholders.

Por Juliana Pires Curty

Leia também:

– O Jornalismo Investigativo

– Assessoria de Imprensa: Jornalista x RP

– Livros que podem apurar sua visão jornalística

Perfil de Juliana Pires Curty

Juliana Pires Curty
Juliana Pires Curty é estudante de Comunicação Social/ Jornalismo na PUC-Rio. Atualmente no 6º período. Eterna bailarina, apaixonada por dança e pelas letras. Quando era criança tinha o Jornal JT com o primo. Hoje sonha em ser uma jornalista “de verdade”. Passou dois anos estudando relações internacionais. Faz estágio com assessoria de imprensa e tem o Blog da Ju, sobre jornalismo, cultura e entretenimento.

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img
Siga-nos
17,706FãsCurtir
4,420SeguidoresSeguir
2,532SeguidoresSeguir
Mais vistas
- Advertisement -spot_img
Novidades
- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui