Mais um jornal chega ao fim no Brasil

Criado no dia 22 de março de 1999 com o objetivo de substituir a Folha da Tarde, o jornal Agora São Paulo privilegiava a cobertura da economia popular.

0
213
Foto: Pixabay

Após 22 anos de história, o Jornal Agora São Paulo, pertencente ao Grupo Folha, será encerrado de forma permanente a partir da próxima segunda-feira, 29 de novembro.

A informação foi revelada através de um comunicado enviado aos assinantes do jornal impresso e também pela jornalista Joana Cunha na Folha de São Paulo, em sua coluna ‘Painel S.A.’.

Decisão tomada por critérios econômicos

Segundo a colunista, a decisão de extinguir o jornal, tomada pela direção do Grupo Folha, se deu por conta de “critérios econômicos baseados em dados de circulação e publicidade”. De acordo com dados divulgados pelo IVC (Instituto Verificador de Informação), o Agora São Paulo perdeu, desde dezembro de 2019, quase 20 mil assinantes em sua versão impressa.

Através de um comunicado enviado aos assinantes do Agora, se informou que nos próximos doze meses, eles passarão a receber a versão impressa da Folha de S. Paulo, pelo mesmo valor que pagavam pelo Agora. Após esse período terão um desconto de 20% sobre o valor real da assinatura.

Agora São Paulo foi criado para substituir outro jornal extinto

Criado no dia 22 de março de 1999 com o objetivo de substituir a Folha da Tarde, o jornal Agora São Paulo privilegiava a cobertura da economia popular, tendo como grande público os aposentados. Os jornalistas do Agora terão a opção de se transferir para a redação da Folha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui