InícioHistória do jornalismoQuando se comemora o dia do jornalista?

Quando se comemora o dia do jornalista?

O calendário brasileiro apresenta seis datas diferentes nas quais se celebra a atividade jornalística.

Foto: Pixabay.

Poucas profissões possuem tantas datas comemorativas quanto o jornalismo. Muita gente fica até confusa diante de tantos dias dedicados a recordar os profissionais da imprensa e seu importante trabalho na sociedade.

No total, o calendário brasileiro apresenta seis datas diferentes nas quais se celebra a atividade jornalística: 24 de janeiro, 29 de janeiro, 16 de fevereiro, 7 de abril, 3 de maio e 1º de junho. Para entender o motivo pelo qual estes dias foram escolhidos é necessário conhecer a história por trás de cada um deles.



24 de janeiro: São Francisco de Sales – padroeiro dos jornalistas

São Francisco de Sales. Foto: Vatican News.

O dia 24 de janeiro é a data na qual a Igreja Católica celebra, em sua liturgia, a memória de São Francisco de Sales, que, em 1923, foi proclamado padroeiro dos jornalistas pelo Papa Pio XI. Essa proclamação ocorreu, pois o Santo utilizava dos meios de comunicação da época (folhetos e livros) para evangelizar.

29 de janeiro: Dia do Jornalista

José do Patrocínio. Foto: Domínio público.

Já o dia 29 de janeiro foi escolhido em memória do jornalista José do Patrocínio, que morreu neste dia, no ano de 1905. Até hoje, este histórico profissional da imprensa é considerado, por seus biógrafos, o maior de todos os jornalistas da abolição.



16 de fevereiro: Dia do repórter

Euclides da Cunha. Foto: Domínio público.

Dia 16 de fevereiro se celebra o dia do repórter, uma das inúmeras funções que um jornalista pode exercer. Importante destacar que, todo repórter é jornalista, mas nem todo jornalista é repórter. Euclides da Cunha é considerado o primeiro repórter do Brasil, por conta da cobertura que ele realizou da Guerra de Canudos para O Estado de São Paulo, no ano de 1896, e que resultou no livro “Os Sertões”.

07 de abril: Dia do Jornalista

Líbero Badaró. Desenho do livro “São Paulo de Outrora”,
de Paulo Cursino de Moura (1943).

No ano de 1931, a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) instituiu a data de 07 de abril como o Dia do Jornalista, em uma explícita homenagem a João Batista Líbero Badaró, médico e jornalista, assassinado por adversários políticos no dia 22 de novembro de 1830. Sua morte gerou um movimento popular que levou à abdicação de D. Pedro I, no dia 7 de abril de 1831.



03 de maio: Dia Internacional da Liberdade de Imprensa

Foto: Divulgação.

O dia 3 de maio foi escolhido pela Organização das Nações Unidas (ONU), durante uma Assembleia Geral, no ano de 1993, como o Dia Internacional da Liberdade de Imprensa. Nesta data, a UNESCO costuma premiar um um indivíduo, organização ou instituto que contribuiu para a defesa da liberdade de imprensa pelo mundo.

1º de junho: Dia Nacional da Imprensa

Foto: Reprodução.

O dia 1º de junho foi instituído, através de uma lei federal do ano de 1999, como o Dia Nacional da Imprensa. Neste mesmo dia, no ano de 1808, o jornal “Correio Braziliense”, editado em Londres por Hipólito José da Costa, passou a circular aqui no Brasil, sendo reconhecido como o primeiro jornal brasileiro.

- Advertisement -
Emílio Coutinho
O jornalista e professor Emílio Coutinho criou a Casa dos Focas com o objetivo de ser um espaço para debate e divulgação de novidades no jornalismo.
- Advertisement -
Siga-nos
17,516FãsCurtir
8,137SeguidoresSeguir
2,588SeguidoresSeguir
Leia também
- Advertisement -
Novidades
- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui