Me formei, e agora?

2
57
(Foto: Pixabay)
(Foto: Pixabay)
(Foto: Pixabay)

Muitos terminam o curso de jornalismo desempregados e/ou sem ter feito um estágio na área. Mas isso pode comprometer a sua busca profissional? Talvez. Para te ajudar nessa caminhada escrevi algumas dicas.

A primeira é verificar se existe uma oportunidade de crescimento onde você trabalha (independente do ramo). Em seguida, veja como anda o setor de comunicação da empresa. O mesmo vale se você é estagiário e deseja continuar ao lado das pessoas que te ensinaram durante esse período.

Uma segunda dica é usar as redes sociais a seu favor, afinal você estudou para ganhar mais do que likes. Procure oportunidades na sua lista de amigos, acompanhe as páginas que oferecem vagas e participe de grupos com esse objetivo, existem vários no Facebook, em algum momento aparecerá aquele freela para salvar o mês e que pode te levar para uma vaga efetiva em um meio de comunicação.

A terceira dica é não desanimar. Caso você esteja precisando muito trabalhar e não conseguiu nenhuma vaga de jornalista, não desista. Não é vergonha alguma você não trabalhar na sua área. Trabalhe com dedicação e continue procurando uma vaga no jornalismo, em algum momento você conquistará o seu espaço.

A quarta dica é exercitar o seu lado jornalista. Pois existe a possibilidade de você já ter se formado há algum tempo, não ter arrumado nenhum emprego e estar com medo de perder a prática jornalística. Se esse é o seu caso, não se desespere. Durante o curso, uma professora minha sempre comentava que “bate uma tristeza quando buscamos um serviço depois de ter terminado a faculdade”. Então aqui vai mais uma dica: já pensou em colaborar com algum portal, mídia, veículo ou afins? É mais uma chance de continuar treinando e não ficar ocioso, além disso você pode ter material para seu portfólio. Criar um blog também vale! Veja aqui como escrever na Casa dos Focas.

Uma quinta dica é continue estudando. Você pode aproveitar o seu tempo para estudar mais, faça uma especialização, participe de palestras, workshop’s de seu interesse, procure aprender outro idioma, fique de olho nas bolsas de estudo fora do Brasil (o Portal da Casa dos Focas sempre divulga boas oportunidades).

A sexta e última dica que dou é: depois que pegar o diploma você também pode tirar seu MTB. Apesar desse registro profissional não ser obrigatório, algumas vagas exigem o MTB. Saiba aqui como obter esse registro.

Por Jennifer Frank Rodrigues

Sobre a autora

Jennifer Frank Rodrigues

Jennifer Frank Rodrigues, formou-se em jornalismo pela Universidade Nove de Julho (Uninove) em 2016 e segue sua caminhada sem desistir, sempre em busca de aprendizado e o melhor para sua vida.

2 COMENTÁRIOS

    • Olá, Sophie!
      Tudo bem?
      Esse seu medo é compreensível, também tive, mas lembre-se que você ainda está no primeiro ano. Aos poucos as oportunidades irão aparecer. É claro que nada cai do céu, você precisa correr atrás, mas não se preocupe, pois tenho certeza de que conseguirá uma vaga na área do jornalismo. Se precisar de alguma ajuda é só chamar. PS: Muito bom o seu blog. 😉 Até mais! Emílio Coutinho

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui