InícioBiblioteca FocaMestres da Reportagem ensina como ser Repórter

Mestres da Reportagem ensina como ser Repórter

Produzido por alunos de jornalismo do 4º e 6º semestre da FAPSP (Faculdade do Povo), sob a direção da professora e jornalista Patrícia Paixão e com prefácio de José Hamilton Ribeiro, o livro “Mestres da Reportagem” é uma referência para aqueles que pretendem seguir a carreira jornalística.

A obra traz 30 entrevistas exclusivas com grandes nomes da reportagem no Brasil que trabalham em diferentes plataformas midiáticas e editorias. São eles: Adriana Carranca, Agostinho Teixeira, Bruno Garcez, Carlos Wagner, César Tralli, Cid Martins, Eliane Brum, Elvira Lobato, Ernesto Paglia, Geneton Moraes Neto, Gérson de Souza, Giovani Grisotti, Goulart de Andrade, José Arbex Jr., Leandro Fortes, Luiz Carlos Azenha, Marcelo Canellas, Marcelo Rezende, Mauri König, Paula Scarpin, Percival de Souza, Regiani Ritter, Renato Lombardi, Ricardo Kotscho, Roberto Cabrini, Silvia Bessa, Sônia Bridi, Tatiana Merlino e Valmir Salaro, além do próprio José Hamilton.

Snap 2013-06-11 at 12.59.48

“Na lista de entrevistados para “Mestres da Reportagem”, tivemos a preocupação de escolher jornalistas de diferentes mídias (impressa, eletrônica e digital) e editorias (Política, Esportes, Internacional, Geral, entre outras), com a condição que atuassem prioritariamente como repórteres”, explicou a professora Patrícia Paixão.

De acordo com a docente, o trabalho foi focado no ofício do repórter, não interessando entrevistar editores, produtores ou âncoras de telejornais, apesar de ter ciência da importância de cada uma dessas funções no processo de produção de uma notícia.

O intuito da iniciativa não foi a de escolher os 30 melhores repórteres do país, mas apresentar um pouco do que a reportagem brasileira tem de melhor. São verdadeiras aulas sobre como ser repórter, mas em forma de entrevista.

Autores do livro ao lado de José Hamilton Ribeiro
Autores do livro ao lado de José Hamilton Ribeiro

Dentre as curiosidades que a obra traz, estão as técnicas que Roberto Cabrini utilizou para descobrir em 1993, em Londres, o então foragido PC Farias (Paulo César Farias, tesoureiro da campanha de 1989 do ex-presidente Fernando Collor de Melo e personagem-chave do escândalo que levou à abertura do processo de impeachment); As estratégias que o mestre Goulart de Andrade traçou para ganhar a intimidade de entrevistados muitas vezes polêmicos e arredios; Além dos dilemas éticos que Eliane Brum enfrentou ao fazer a emblemática reportagem que acompanhou os últimos 115 dias de vida de uma senhora que estava com um câncer incurável.

Essas e outras histórias fazem com que as 525 páginas do livro “Mestres da Reportagem” se tornem interessantes não apenas para quem atua ou deseja atuar na área, mas para o público em geral.

Por Emílio Portugal Coutinho.

Leia também:

Livro ensina maneira prática de escrever um texto jornalístico em português bem claro

Filme: Scoop – o grande furo

Livro ressalta o trabalho dos motoristas de reportagem

- Advertisement -
Emílio Coutinho
O jornalista e professor Emílio Coutinho criou a Casa dos Focas com o objetivo de ser um espaço para debate e divulgação de novidades no jornalismo.
- Advertisement -
Siga-nos
17,671FãsCurtir
4,589SeguidoresSeguir
2,537SeguidoresSeguir
Leia também
- Advertisement -
Novidades
- Advertisement -

8 COMENTÁRIOS

    • Não se arrependerá, realmente foi um trabalho muito bem feito, coordenado pela Professora Patrícia Paixão da FAPSP. É uma ótima referência, principalmente para nós estudantes de jornalismo. 😉

    • Olá, Sebastyan! O livro Mestres da Reportagem está nas principais livrarias do Brasil. Pesquise pelos sites das livrarias e com certeza encontrará. Até mais! Emílio Coutinho

Deixe um comentário para Katharine Cancelar resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui