InícioEventosSindicato dos Jornalistas promove debate sobre a mulher jornalista e a reforma...

Sindicato dos Jornalistas promove debate sobre a mulher jornalista e a reforma da Previdência

A mulher jornalista e a reforma da Previdência 1

Na próxima terça-feira, dia 07 de março de 2017, às 19h30, a sede do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (Rua Rego Freitas nº 530 – Sobreloja – Centro – Metrô República) será palco de um debate intitulado “A mulher jornalista e a reforma da Previdência”.

Segundo o Sindicato, o objetivo do debate é “discutir como as mulheres jornalistas serão afetadas caso seja aprovada a reforma da Previdência Social, que tramita no Congresso como Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287”. A medida afetará jornalistas homens e mulheres pois estabelece uma idade e tempo de contribuição mínimos para se aposentar.

Em 1997, com a revogação da Lei nº 3.529/59, a categoria já havia perdido o direito à aposentadoria especial, aos 30 anos de trabalho para homens e 25 anos de trabalho para as mulheres. Caso a PEC 287 seja aprovada, os jornalistas novamente serão penalizados.

De acordo com os organizadores do evento, as mulheres jornalistas serão ainda mais prejudicadas pois “a PEC 287 iguala a idade e o tempo mínimo de contribuição para aposentadoria de homens e mulheres, ignorando as desigualdades de gênero existentes no Brasil e, ainda, a dupla e até tripla jornada enfrentada pelas trabalhadoras”.

“A reforma previdenciária vai prejudicar a todos, mas para as mulheres jornalistas é particularmente cruel. O aumento no tempo de contribuição será ainda maior do que para os homens, num cenário em que, nos últimos 10 anos, aumentou a jornada semanal. Nós trabalhamos, em média, cinco horas a mais do que eles”, afirmou Priscilla Chandretti, diretora do SJSP.

O debate contará com a participação de Adriana Marcolino, técnica do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), e de Junéia Batista, secretária da Mulher Trabalhadora da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Não é necessário inscrição prévia e a entrada será gratuita.

Por Emílio Portugal Coutinho, com informações do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo.

- Advertisement -
Emílio Coutinho
O jornalista e professor Emílio Coutinho criou a Casa dos Focas com o objetivo de ser um espaço para debate e divulgação de novidades no jornalismo.
- Advertisement -
Siga-nos
17,516FãsCurtir
8,137SeguidoresSeguir
2,588SeguidoresSeguir
Leia também
- Advertisement -
Novidades
- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui